Bioquímica: Teste de molisch.



Teste de molish

Objetivo:

 Reconhecer os carboidratos através da pesquisa das funções orgânicas presentes em suas moléculas e suas características.

Princípios teóricos:

Os monossacarídeos podem ser facilmente desidratados por ação de ácidos fortes concentrados, como o ácido sulfúrico (H2SO4). O ácido rompe facilmente as ligações glicosídicas presentes em moléculas de polissacarídeos, quebrando-os e fornecendo seus monossacarídeos. Esses, por sua vez, são desidratados e assim  pode-se ter como produto: o furfural, quando o monossacarídeo desidratado for uma pentose,  e o hidroximetilfurfural (HMF)  , quando for uma hexose.

Depois adiciona-se o reativo de molisch (alfa-naftol). Assim o fenol reage com os produtos incolores e provoca o aparecimento de um anel de coloração lilás.

 

Material:

  a) Reagentes e soluções
        - solução de caseína 0,5 % *
        - solução de glicose 2 %
        - água destilada
       
 - reativo de Molisch **
        - ácido sulfúrico concentrado


b) Vidraria e instrumental
         
 
- 03 tubos de ensaio
- pipetas de 2 mL
- pipeta de 1 mL
 
- conta-gotas ou pipeta Pasteur


*Preparo do reativo de molisch: 5,0 g de alfa-naftol em 100ml de acido acético (CH3COOH) concentrado(95%)


Procedimentos:

1.       Prepare a seguinte bateria de tubos, identificando-os:

·         2 ml de água destilada
·         2 ml da solução de glicose
·         2 ml da solução de caseína

2.       A cada um dos tubos adicionar  0,2 ml reativo de molisch e agitar;
3.       Muito lentamente, adicionar 2 ml de H2SO4 concentrado a cada tubo, e agitar devagar e com cuidado para que não haja mistura desse com o liquido do interior do tubo;
4.       Observar e descrever o resultado

Conclusão:

O surgimento de um anel de coloração lilás estável indica que houve formação de furfurais, revelando a presença de açúcares na amostra.

Referencias:

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Citologia: transporte ativo secundário.

Anatomia: Sistema reprodutor masculino e reprodutor Feminino.

Anatomia: músculos da mão.